Olá pessoal! Esse post foi criado, vendo a necessidade de muitas vezes após realizar uma nova instalação do RHEL/CentOS ter que alterar a configuração de endereçamento da interface de rede de DHCP para estático, ou vice-versa.

Iremos alterar o arquivo de configuração da interface de rede que pretendemos ajustar as configurações. Vamos utilizar o comando “ifconfig” para listar a devida interface de rede.

# ifconfig
enp0s3: flags=4163<UP,BROADCAST,RUNNING,MULTICAST> mtu 1500
inet 10.10.10.15 netmask 255.255.255.0 broadcast 10.151.53.255
inet6 fe80::a00:27ff:fe04:dfb7 prefixlen 64 scopeid 0x20<link>
ether 08:00:27:04:df:b7 txqueuelen 1000 (Ethernet)
RX packets 12078 bytes 10297389 (9.8 MiB)
RX errors 0 dropped 0 overruns 0 frame 0
TX packets 7143 bytes 556064 (543.0 KiB)
TX errors 0 dropped 0 overruns 0 carrier 0 collisions 0

lo: flags=73<UP,LOOPBACK,RUNNING> mtu 65536
inet 127.0.0.1 netmask 255.0.0.0
inet6 ::1 prefixlen 128 scopeid 0x10<host>
loop txqueuelen 1 (Loopback Local)
RX packets 0 bytes 0 (0.0 B)
RX errors 0 dropped 0 overruns 0 frame 0
TX packets 0 bytes 0 (0.0 B)
TX errors 0 dropped 0 overruns 0 carrier 0 collisions 0

Neste caso irei utilizar a interface “enp0s3”, então vamos alterar o arquivo “/etc/sysconfig/network-scripts/ifcfg-enp0s3”

# vim /etc/sysconfig/network-scripts/ifcfg-enp0s3
HWADDR=08:00:27:04:DF:B7
TYPE=Ethernet
#BOOTPROTO=dhcp
DEFROUTE=yes
PEERDNS=yes
PEERROUTES=yes
IPV4_FAILURE_FATAL=no
#IPV6INIT=yes
#IPV6_AUTOCONF=yes
#IPV6_DEFROUTE=yes
#IPV6_PEERDNS=yes
#IPV6_PEERROUTES=yes
#IPV6_FAILURE_FATAL=no
NAME=enp0s3
UUID=dbff828b-f8ac-4052-872f-cc8f1a02679a
ONBOOT=yes
BOOTPROTO=static
IPADDR=10.10.10.15
NETMASK=255.255.255.0
GATEWAY=10.10.10.1

As linhas de IPv6 (IPV6INIT, IPV6_AUTOCONF, IPV6_DEFROUTE, IPV6_PEERDNS, IPV6_PEERROUTES, IPV6_FAILURE_FATAL) foram comentadas pois não irei utilizar endereçamento IPv6. A linha “BOOTPROTO=dhcp” foi comentada e criada uma nova entrada “BOOTPROTO=” com o valor “static” (também pode ser utilizado o valor none) para informarmos que a interface irá utilizar endereçamento estático, sendo necessário adicionar as respectivas linhas “IPADDR”, “NETMASK” e “GATEWAY”.

Feito isso salve o arquivo e reinicie o serviço de rede

No RHEL/CentOS 6.x

# service network restart

No RHEL/CentOS 7.x

# systemctl restart network.service

Para reiniciar somente a interface de rede

# ifdown enp0s3 && ifup enp0s3

Caso ocorra algum erro para resolução de nomes de domínio, adicione os servidores DNS da sua empresa ou o de sua preferência no arquivo “resolv.conf” conforme abaixo.

# vim /etc/resolv.conf
# Generated by NetworkManager
nameserver 10.10.10.1
nameserver 10.10.10.2

Pronto! Dessa forma temos nosso IP configurado de forma estática, caso queira alterar para DHCP, basta reverter o processo.